A resposta provavelmente está mais próxima do que você imagina

Marcas não são estáticas. Elas se transformam com o tempo, evoluem e podem ser modificadas para acompanhar as novas demandas de seu público ou mesmo as aspirações de seus idealizadores.

Assim como as pessoas, marcas têm personalidade, princípios, atitudes e crenças. É através desse conjunto de características – mutáveis ou não – que elas se comunicam e se relacionam com todos que fazem parte do seu dia a dia. A base para esse relacionamento é a autenticidade, entretanto, para comunicar esses atributos, a marca precisa saber quem é. Assim, sabendo quem realmente somos, conseguimos nos posicionar com consistência e relevância.

Foto: Ricardo Perini

COMO DESCOBRIR SE MINHA MARCA PRECISA DE UM NOVO POSICIONAMENTO?

Se você possui um negócio ou atua na gestão de uma empresa, certamente já se questionou sobre isso, não é mesmo? Existe uma série de fatores que podem ajudar você com a resposta e nada melhor do que estar presente no dia a dia de uma marca para descobrir. São eles:

  • Sua marca ainda expressa a razão pela qual foi criada?
  • Ela está conectada de forma genuína com o seu público?
  • Está crescendo de acordo com o que foi planejado?
  • Seus colaboradores estão engajados no mesmo propósito?

Se debruçar sobre essas questões é uma forma de avaliar, com profundidade, o papel de sua marca na vida das pessoas e o legado que ela está deixando para o mundo. Não existe problema em mudar, se reinventar ou buscar outros caminhos; o importante é manter a essência da marca e as principais características de seu DNA, agindo com verdade, ética e de maneira autêntica.

E agora, nós é que perguntamos: Está na hora de reposicionar sua marca?